Acidente grave envolvendo ambulância de valente e Kombi na BR- 324, deixa dois mortos e dois feridos.

0
146
Uma colisão envolvendo uma Kombi e uma ambulância do município de Valente  na BR 324, trecho que liga Riachão do Jacuípe a Tanquinho resultou na morte do motorista da Kombi cuja identidade até o momento não foi identificada e deixou três ocupantes da ambulância feridos. Manoel Araújo de Oliveira, a enteada dele Mariana Lima da Silva e o motorista Edvanio Ferreira dos Santos.

Anjos Jacuipenses mais uma vez prestando importante serviço no socorro as vítimas .

Segundo a Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses a equipe de plantão foi acionada por volta das 13h10 para socorrer as vítimas nas proximidades do Povoado São Francisco, antes da ponte do Rio Tocós, ao chegar no local percebeu que o condutor da Kombi não apresentava sinais vitais e prestou socorros aos ocupantes da ambulância para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe, sendo que o estado considerado mais grave é do senhor Manoel. A enteada dele e o motorista estão conversando, porém segundo a Brigada o condutor tem suspeita de fratura de fêmur.

Fotos: Raimundo Mascarenhas

O secretário de Saúde de Valente, Arnaldo Amaral ao tomar conhecimento do fato veio até a Riachão e informou ao CN que senhor Manoel é morador do Povoado Tanquinho e que tinha a ido a Feira de Santana fazer uma ressonância.

Fonte: Calila Notícias

 

MORRE SEGUNDA VITIMA DO ACIDENTE ENVOLVENDO KOMBI E AMBULÂNCIA  DO MUNICÍPIO  DE VALENTE

Equipe da Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses socorre vítimas de acidente entre kombi e ambulância de Valente | Foto: Rede Social/Reprodução

Um dos três ocupantes da ambulância de Valente envolvida em uma colisão com uma kombi no trecho da BR-324 que liga as cidades baianas de Tanquinho e Riachão do Jacuípe (ver mais), morreu no hospital de Riachão, poucas tempo depois do acidente. De acordo com a Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses, Manoel Araújo de Oliveira, que residia na zona rural de Valente, teve múltiplas fraturas e suspeita de hemorragia interna. Além de Manoel, a enteada dele e o motorista da ambulância foram levados ao mesmo hospital, mas não correm risco de morte. Já o condutor da kombi, ainda não identificado, ficou preso às ferragens e morreu logo após a colisão. O corpo foi removido por volta das 16h30 desta terça-feira. Não há detalhes sobre as causas da batida. Equipes da Polícia Rodoviária Federal e do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estiveram no local.

 

RB/ Com informações do Calila Notícias  e Notícias de Santa Luz.

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui